“Eu odeio sindicatos. Eu odeio a ideia de decisão coletiva.” Essas são as palavras de Tim Bell, um publicitário e empresário inglês que inicia sua carreira ainda nos anos de 1960, e que é o personagem principal do filme Influência (2020), um documentário coproduzido entre a Àfrica do Sul e o Canadá, e dirigido à quatro mãos por Richard Poplak e Diana Neille.

A partir de um caso recente de intervenção estratégica, que envolve a empresa de relações públicas de Tim Bell, a Bell Pottinger, na política da África do Sul (2016), o filme estrutura um mapeamento poderoso sobre a influência da publicidade na política global nos últimos 50 anos.

Para esta elaboração, a direção opta por rememorar a trajetória do publicitário apoiado em seus próprios relatos, e alicerçado no cruzamento entre imagens de arquivo, depoimentos de especialistas, e de políticos que conheceram, ou participaram das históricas intervenções deste ignóbil publicitário obcecado pela fama.

Bell foi um dos motivos responsáveis pela vitoriosa campanha política de Margaret Thatcher em 1979, o que incutiu na Dama de Ferro anticomunista o dever de amadrinhar o transitar desse sujeito imoral por países que também nutriam em suas lideranças políticas o ódio à gênese da coletividade.

E foi assim, sem nenhum constrangimento que Tim Bell transformou a publicidade para além de uma arte comprometida com o universo comercial, ela passa a ser também uma ferramenta veemente capaz de intervir em processos políticos pelo mundo. O resultado é a institucionalização da democracia enquanto algo frágil e indissociável dos poderes econômicos.

O assertivo e contextualizado jornadear de Tim Bell no filme traz à tona elucidações fundamentais para que o espectador seja capaz de questionar as entranhas da democracia no mundo contemporâneo e que, inevitavelmente, encontra-se muito distante de sua origem alocada nos interesses coletivos. Um excelente exemplo desta movimentação no documentário é a Ministra Geral das Comunicações da África do Sul, Phumzile Van Damme, que consegue desmantelar o sistema predatório opressivo instaurado com a participação da Bell Pottinger através de fervorosas contestações críticas.

Influência retira qualquer tentativa de ingenuidade que é postulada por um sistema político tragado por interesses neoliberais, ele revela de forma pedagógica o poder conservador privado que vive às custas da condenação do bem-estar público.


SINOPSE

Uma análise da expansão recente do universo da desinformação por meio de uma investigação exclusiva sobre a ascensão e queda de uma das maiores empresas de relações-públicas e e-reputação, a multinacional britânica Bell Pottinger.

FICHA TÉCNICA

Influência | África do Sul, Canadá | 105′ | 2020

Título Original: Influence
Direção: Richard Poplak e Diana Neille
Idiomas: inglês e espanhol
Classificação indicativa: livre

Tags:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *