Entre os semideuses fãs de Rick Riordan, apaixonados por filmes de princesa e marvetes há uma ansiedade em comum: a chegada do Disney + no Brasil. 

Ao redor do mundo, a plataforma da The Walt Disney Company já acumula 60,5 milhões de assinantes desde a estreia. Mas em toda América Latina e Caribe, o Disney + chega só em novembro deste ano. 

O serviço de streaming da casa do Mickey Mouse será o destino exclusivo das produções da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars, National Geographic. Além disso, também produzirá conteúdos originais, como a adaptação de Percy Jackson e os Olimpianos. 

Presidente da The Walt Disney Company Latin America fala sobre o streaming

“A proposta de entretenimento será complementada por uma oferta robusta de séries e filmes originais do Disney+, um selo de produção própria, com uma variedade de títulos que podem ser vistos apenas em nossa plataforma, bem como conteúdo original produzido localmente em vários países da região para os mais diversos públicos”, disse Diego Lerner, presidente da The Walt Disney Company Latin America. 

“O Disney+ também será a única plataforma a oferecer acesso ilimitado e permanente ao catálogo completo de todos os filmes de Disney, Pixar, Marvel e Star Wars para seus assinantes. Nossa audiência poderá também acessar no Disney+ todos os programas de TV produzidos local ou globalmente (séries, filmes para TV, documentários, shows, eventos e programas especiais), tornando-se o único destino digital que terá tudo. De um modo geral, posso dizer que as melhores e mais relevantes experiências Disney para todos os membros da família estarão disponíveis no Disney+ de maneira ilimitada e permanente. Compartilharei mais detalhes no lançamento do Disney+ em breve”. acrescentou, Lerner. 

Conheça o catálogo do Disney +

Enquanto a plataforma não chega por aqui, que tal conferir a lista de alguns programas, filmes, séries e documentários já confirmados? Dá uma olhada:

Marvel para os salvadores do mundo

  • Filmes produzidos pela Marvel Studios e distribuídos pela Walt Disney Studios que fazem parte do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) de Homem de Ferro à Vingadores Ultimato. 
  • Algumas das séries de televisão da Marvel desde 1979 até os dias de hoje, incluindo X-Men, Homem-Aranha e Marvel’s Runaways.
  • Além dos originais:

  1.  Falcão e o Soldado Invernal, reúne Sam Wilson/Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes/O Soldado Invernal (Sebastian Stan) após os eventos de Vingadores: Ultimato, em uma aventura global que testa suas habilidades e paciência

  2. WandaVision, série de comédia que combina o estilo das comédias clássicas com o MCU, no qual Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany) estão vivendo uma vida suburbana ideal, até começarem suspeitar que nem tudo é o que parece

  3. Loki, que também se passa depois de Vingadores Ultimato, onde teremos Tom Hiddleston reprisando seu papel como Loki.

  4. Os Heróis da Marvel, projeto que celebra os extraordinários jovens que fazem a diferença em suas comunidades. 

Star Wars para os rebeldes


  • A saga completa de STAR WARS, desde a estreia em 1977..
  • The Mandalorian, incluindo os oito episódios que compõem a primeira temporada. A segunda temporada será lançada ao mesmo tempo que nos EUA. 
  • Disney Gallery: The Mandalorian, uma série documental que explora os bastidores de The Mandalorian em entrevistas, imagens exclusivas e mesas redondas com os envolvidos no projeto. 
  • Star Wars: The Clone Wars, que retorna para sua conclusão.

Disney para os que amam um final feliz

  • Todas as animações clássicas da Walt Disney Signature Collection e da Walt Disney Animation Studios, incluindo Branca de Neve e os Sete Anões, A Bela e a Fera e outros. 
  • Todos os remakes e filmes criados pelo  The Walt Disney Studios, como por exemplo, a versão live-action de A Dama e o Vagabundo, Aladin, etc. 
  • A coleção completa dos filmes e curtas da Pixar Animation Studios, como Toy Story, Divertida Mente, Monstros S.A e Os Heróis de Sanjay.
  • Novas séries em formato curto Pixar na Vida Real e Disney Family Sundays, e as coleções completas dos curtas animados SparkShorts e Forky Asks a Question.

  • As séries e filmes do Disney Channel, como Hannah Montana, Zack & Cody: Gêmeos em Ação, Kim Possible, A Casa do Mickey Mouse, High School Musical, Camp Rock e Descendentes.
  • O repertório completo de séries com produção local da Disney como Violetta, Sou Luna, Quando Toca o Sino e Art Attack.
  • High School Musical: A Série, uma produção que segue os dias dos alunos do East High que estão se preparando para apresentar um musical na escola pela primeira vez.

E mais…

  • Secret Society of Second-Born Royals, um filme emocionante que combina o encanto da realeza com as aventuras repletas de ação de super-heróis em treinamento. 

  • The Imagineering Story, a série documental de seis episódios da diretora Leslie Iwerks, indicada ao Emmy e ao Oscar.

  • Hamilton, que representa um salto na arte de filmar shows ao vivo e tem direção de Thomas Kail e produção executiva de Lin-Manuel Miranda e Jeffrey Seller, entre outros.

  • Os programas do National Geographic, incluindo The Right Stuff a adaptação do best-seller homônimo de Tom Wolfe, no qual ele relata no gênero “não-ficção” os primeiros dias do programa espacial dos Estados Unidos.

  • As séries One Strange Rock (apresentada por Will Smith); Origens: A Evolução Humana, Before the Flood (protagonizado por Leonardo Di Caprio); Free Solo, e outras produções da América Latina como Ciência do Absurdo.


É um catálogo e tanto não é mesmo? Será que “tem no Disney +” é o novo “tem na Netflix” ?

Tags:

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *